Os eventos corporativos e seus modelos

Os eventos corporativos e seus modelos

eventos

Uma empresa que quer se destacar no mercado e criar negócios muito bons para expandir seu negócio precisa ir para um evento corporativo. Os eventos corporativos são espaços dedicados a fazer novos contatos, criar novos relacionamentos, e principalmente, o surgimento de novos negócios.

Existem uma gama variada de eventos corporativos cada um mantendo seu objetivo e tentando alcançar a meta que é fazer com que as empresas consigam expandir seus horizontes e também desenvolver-se de forma técnica, já que entre os eventos corporativos os treinamentos estão em alta.

No entanto, um modelo de evento corporativo que vem chamando a atenção são as feiras profissionais e as feiras de negócios que reúnem marcas diferentes em torno de estandes com estrutura de ferro para banner para que seus produtos sejam expostos a outras pessoas, e principalmente, que novos negócios sejam fechados.

Neste artigo abordaremos os muitos elementos que compõe esse tipo de evento corporativo, bem como compreender a importância de participar desse tipo de evento,

Assim como, a necessidade de pensar no estande como uma peça-chave para o desenvolvimento de novos negócios, seja a compra de franquia de buffet crepe suiço ou de grandes marcas automobilísticas.

Compreendendo as feiras profissionais e de negócios

As feiras são eventos corporativos que estão em alta. Segundo dados da pesquisa intitulada II Dimensionamento Econômico da Indústria de Eventos no Brasil realizado por cerca de 2,7 mil empresas, o setor de eventos cresce cerca de 14% ao ano, e movimento cerca de 4,32% do PIB do Brasil em 2013.

Deste modo, precisamos entender o que são essas feiras. As feiras podem ter muitos tipos, porém, existe apenas um objetivo comum que é reunir o máximo de participantes e expositores para a comercialização de produtos ou serviços.

Em muitos casos essas feiras são usadas como peças de marketing para promover a empresa, aprimorar o relacionamento com clientes, fornecedores e parceiros.

Os expositores ficam em estandes que podem ser tanto pequenos como grandes que possuem mezanino metalico. Tudo dependerá de quanto irá investir nessa exposição.

Alguns objetivos das feiras são:

  • Criar relacionamentos e networking;
  • Divulgar a empresa e seus produtos;
  • Fortalecer parcerias;
  • Gerar novos negócios.

Abaixo falaremos sobre os tipos de estandes que podem se ter dentro das feiras. Lembre-se, cada evento possui regras sobre a utilização de estandes e outros deixam que o expositor seja livre desde que respeite seu espaço determinado e alugado.

Algumas dessas feitas disponibilizam uma série de atividades durante o dia, que incluem o famoso coffee break corporativo.

Os tipos de estandes nas feiras

Os estandes são grandes influenciadores na hora de decisão dos visitantes que são potenciais clientes.

É por isso que esses elementos precisam ser pensados de forma bastante equilibrada para identificar qual o tipo que se enquadra melhor no seu tipo de venda, no público-alvo e outros aspectos.

Algumas empresas para não errar na hora da composição desse tipo de componente contrata os serviços de ambientação 3D que faz com que se tenha uma ideai mais completa de como o estande ficará no espaço que foi definido.

Assim, abaixo falaremos sobre alguns tipos de estandes que são usados e que podem ajudar você a escolher o seu. Quando você entra como participante do evento, geralmente, as montadoras oficiais do evento disponibilizam um estande básico.

Esse estande tem preço reduzido, tem um formato padrão e tem uma criação modular. São úteis porque permitem a exposição do produto e serviço com qualidade porém sua personalização é mínima.

Esse tipo de montagem com estande básico prende a atenção do público apenas para o produto o serviço, que pode acarretar em novos negócios sendo fechados.

O estande especial por sua vez leva a palavra personalização a sério. Eles podem ser encontrados em diversos tipos de materiais como madeira, fórmica, PVC e ainda possuir balcões, vitrines, bancadas, ou seja, possui um acabamento muito superior ao estande básico.

Este tipo de estande requer investimento mais alto e maior tempo de execução além da contratação de pessoal especializado para por em execução os planos.

Por fim, temos o estande misto que une característicos do básico e do especial, criando algo personalizável e atraente por um preço mais em conta que o personalizado.

Assim, os estandes nas feiras são essenciais para que a empresa venda mais e consiga e destacar nesse evento que é tão especial para marca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *